Notícia

A participação da mulher é uma ferramenta de desenvolvimento

quinta, 19 de outubro de 2017
A presidente da Faciap Mulher, Rosangela Sonda A presidente da Faciap Mulher, Rosangela Sonda

A desigualdade de gênero atrapalha o crescimento do país. A participação da mulher é uma ferramenta eficaz para o desenvolvimento econômico. Esse foi o assunto discutido no painel “O empreendedorismo e o papel das mulheres nos negócios”, do Conselho Nacional da Mulher Empresária (CNME) e da Faciap Mulher, na tarde desta quinta-feira (19), dentro do Congresso Empresarial Paranaense e Fórum CACB Mil, em Foz do Iguaçu. O evento é patrocinado por Banco do Brasil, Sebrae, Certisign, Sicoob, Bancoob, Sipag, BRDE, Jucepar, Cooper Card, Itaipu e Correios.

De acordo com a presidente do CNME, Neiva Kieling, o movimento das mulheres empresárias é capaz de incutir transformações profundas na sociedade. “Os impactos econômicos e sociais são notavelmente percebidos e absolutamente positivos”, disse ela.

A presidente do CNME, Neiva Kieling A presidente do CNME, Neiva Kieling

A presidente da Faciap Mulher, Rosangela Sonda, comentou que o contexto atual precisa que as mulheres empresárias congreguem forças, unindo experiência e a sua capacidade empreendedora. “Precisamos de lideranças femininas que discutam seus problemas e apresentem propostas, mobilizando a comunidade empresarial e a sociedade organizada para a solução dos mesmos”, disse Rosangela Sonda.

painelmulhersegundodia3

As empresárias Noeli Alves Bazanella, sócia fundadora da Doce D’ocê, e Lídia Abdala, presidente executiva do Grupo Sabin, também falaram a respeito de suas experiências de sucesso no empreendedorismo feminino.

 

 

Fonte: