Notícia

Faciap entrega Jeep Renegade no próximo dia 7

segunda, 04 de fevereiro de 2019
A vencedora do principal prêmio da campanha Natal Sonho Dourado comprou em Curitiba

A vencedora do prêmio principal da Campanha Natal Sonho Dourado, Liziane Druzian, demorou para acreditar que a notícia de que tinha ganhado um carro zero era mesmo verdade. “Quando cadastrei minha raspadinha, nunca imaginei que ia ganhar. Porque eu nunca ganhei nada em premiações. Nem em rifas, que eu sempre compro para ajudar”, ela brinca.

A moradora de Colombo, que trabalha com vendas, acabou de completar 38 anos e nem nos dias mais otimistas imaginou um presente como o que a Campanha Natal Sonho Dourado lhe proporcionou. Pouco antes do Natal, ela comprou um chocotone trufado na loja de rua Cacau Show do bairro Hauer e gastou pouco mais de R$ 50. Pegou apenas uma raspadinha e levou para o trabalho. Guardou embaixo do teclado do computador e só quando foi organizar a mesa no escritório, no final do dia, é que lembrou do cupom. Raspou, cadastrou na internet o número e disse em voz alta: a sorte está lançada.

Logo depois do Natal, quando já estava de férias, recebeu uma ligação em casa da EMGRAB – Associação dos Empresários do Grande Boqueirão. “Achei que era uma instituição pedindo doação ou que era um golpe, então agradeci e desliguei o telefone”, ri Liziane.

Com a insistência, dessa vez no celular da ganhadora, ela resolveu atender. “A presidente da associação pediu para eu não desligar e ainda perguntou se eu estava sentada”, conta Liziane.

Ao telefone, ouviu a notícia de que tinha recebido o prêmio principal da campanha. “Eu pensei que fosse o voucher de mil reais em compras”, ela relembra, bem-humorada. Realmente precisou sentar ao saber que se tratava de um Jeep Renegade zero quilometro. “Eu comecei a chorar e rir ao mesmo tempo, foi uma mistura de emoções. Às vezes perdemos o costume de receber notícias boas”, afirma emocionada. “E uma novidade dessas, ainda mais perto do Natal, uma época tão linda, era muito mais do que eu podia esperar”.

Ligou para os filhos, comemorou com a família e garante que ainda está nas nuvens. Os planos para o prêmio que recebeu Liziane já tem bem desenhado: a casa geminada onde mora hoje deve ganhar mais cômodos e uma área de serviço. “Estou numa fase boa da minha vida e isso só veio coroar tudo o que eu passei até aqui para conquistar o que tenho. Por isso eu digo para as pessoas acreditarem na campanha, ela realmente funciona, e crerem que os sonhos podem sim se realizar”.

O lado do comerciante

O empresário Gilson Sant’ Anna de Oliveira é proprietário da loja de rua Cacau Show, na Marechal Floriano Peixoto, em Curitiba, há 7 anos. Nesse tempo, já fez sorteios de final de ano, mas conta que nunca concedeu a um cliente um prêmio desse porte. “A gente acaba não acreditando que pode acontecer. Mas agora para os clientes e empresários que duvidam, eu digo que as chances são maiores que na loteria”, ele brinca.

Gilson sempre se preocupou em fidelizar clientes e prestigiar os que sempre compram com ele. “Minha loja de rua, então eu preciso investir em fidelização”, diz Gilson. Com os dados que a campanha Natal Sonho Dourado reuniu, ele comemora que poderá entender melhor o perfil do consumidor que fez compras em sua loja e criar novas ações. “Quero organizar novas promoções e fazer com que a informação chegue nos clientes que compraram comigo, mas que de repente não moram, nem trabalham aqui por perto, para que eles voltem”, afirma.

Gilson garante que neste ano vai participar novamente da Natal Sonho Dourado e incentivar os outros comerciantes da região a aderirem também. “Nesse ano, quero mobilizar mais empresários”. Além do carro, três vale-compras saíram para clientes da loja do empresário.

“A diretoria da associação ficou feliz como se cada um tivesse ganhado um carro também”, brinca a presidente da EMGRAB, Cyda Villa Nova. “É recompensador ver o resultado do trabalho em parceria com a Faciap beneficiando consumidores e associados”.

A campanha Natal Sonho Dourado trouxe um retorno muito grande para os empresários que participaram, segundo a presidente. O ticket médio aumentou e mérito, afirma Cyda, é da campanha. “A qualidade dos prêmios é muito atrativa”, afirma ela.

A campanha

Ao todo, a campanha Natal Sonho Dourado sorteou mais de R$ 1 milhão em prêmios, entre carros, motos e vales-compras. Foram quase 400 mil pessoas cadastradas em todo o Paraná. O número corresponde a 4,8 milhões de raspadinhas. A estimativa é que a Natal Sonho Dourado tenha movimentado mais de R$ 242 milhões em 52 cidades participantes.

“A campanha ajudou no aquecimento das vendas no comércio local. Funcionou como um atrativo a mais para o consumidor que foi às compras neste final de ano”, afirmou o coordenador da Natal Sonho Dourado na Faciap, Raphael Siqueira.

No total, foram dois Jeeps Renegade, seis Renault Kwid, sete motos e centenas de vale-compras. A cada R$ 50,00 em compra, o consumidor tinha direito a uma raspadinha. Para concorrer, bastava cadastrar o código no site da Natal Sonho Dourado.

Foram 3.500 lojas participando em todo Paraná. O presidente da Faciap, Marco Tadeu Barbosa, avalia que a campanha é uma ferramenta de desenvolvimento local já que permite ao empresário participante fazer o gerenciamento de seus clientes. “Todos os dados da campanha estão disponíveis em tempo real, com estatísticas que possibilitam ao lojista saber quem são seus clientes e onde eles estão”, explica Marco Tadeu Barbosa.

Com isso em mãos, o comerciante a partir de agora poderá interagir de maneira mais assertiva com os consumidores e investir em fidelização. “Assim, a Faciap, junto com as associações comerciais, trabalhando para auxiliar o empresário em uma das coisas que mais importam: a vender mais e melhor”, disse Marco Tadeu Barbosa.

Fonte: Faciap